Bombando no Foninho - Matheus Krempel

Bombando no Foninho #27 – Rock e jazz tradicional, juntos e misturados

cherry_poppin_daddies_1000x414

Jazz tradicional e rock são uma das melhores combinações já feitas. Hoje, vamos com três dicas de músicas e artistas que transitam livremente nessa bagunça musical.

Cherry Poppin’ Daddies – That Lindy Hop

Cherry Poppin’ Daddies é uma banda que vem da cena punk do Oregon, nos EUA. Começou misturando ska com swing, teve relativo sucesso comercial no final dos anos 1990 e segue até hoje na ativa. That Lindy Hop é uma regravação da canção de Eubie Blake, lançada em 1930.

Scott Bradlee’s Postmodern Jukebox – Don’t Stop me Now (Feat. Melinda Doolittle)

Scott Bradlee é um pianista que montou esse coletivo musical que faz releituras de clássicos contemporâneos do rock ao pop, com uma roupagem jazzistica que não deixa ninguém ficar parado. De Lady Gaga até Guns n´Roses, nada passa desapercebido do radar desse grupo. Essa é a versão de Don’t Stop me Now, do Queen.

Caro Emerald – Dr. Wanna Do

Caro Emerald é uma cantora holandesa de electro swing. Ela gravou esse disco totalmente acústico de jazz tradicional, onde o repertório é composto por músicas originalmente lançadas no seu primeiro álbum de 2010. A ideia foi juntar Caro e os músicos em uma sala, sem fones de ouvido, direto para a fita de um gravador de rolo Ampex, de 1958.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *