Geral

Prophets of Rage divulga vídeo de Unfuck the World e anuncia álbum de estreia

Foto: Flavio Hopp

Prophets Of Rage: Tom Morello, Tim Commerford, Brad Wilk, Chuck D, B-Real e DJ Lord, após passagem pelo Brasil, vão lançar seu primeiro e auto-intitulado álbum de estreia em 15 de setembro pelo selo Fantasy Records. A capa do álbum foi feita pelo icônico artista de rua Shepard Fairey.

Hoje, os músicos compartilham com o público sua primeira música carregada de mensagens políticas Unfuck The World, com um sensacional vídeo dirigido pelo cineasta e ativista Michael Moore na plataforma de vídeos VEVO. Vale lembrar que a faixa foi apresentada durante o Maximus Festival, no último dia 13, em São Paulo.

“Eu estou animadíssimo em mais uma vez trabalhar com meus camaradas e amigos de longa data, e em lutar por um mundo mais justo”, disse Moore. “Prophets Of Rage é a banda certa, falando a coisa certa, nesse momento crítico. Esse video é o nosso grito coletivo contra aqueles que procuram prejudicar os inocentes e os menos poderosos. Eu estou orgulhoso em ter dirigido esse vídeo e eu peço a todos que o assistirem a fazer a sua parte para unfuck this world (“desfoder” o mundo)”.

O Prophets Of Rage se juntou durante a tumultuada eleição de 2016 para combater a tempestade que estava chegando. Renovados após a bem-sucedida tour Make America Rage Again, o grupo sabia que poderia evoluir de uma apresentação de protesto com uma missão tática, para uma simples entidade com ideias criativas próprias.

Juntamente com o antigo colaborador do Rage Against The Machine, o produtor Brendan O’Brien, a banda misturou diversos estilos, o poder de fogo sonoro e a porrada social conscientizadora do seu trabalho anterior, em uma nova declaração musical criativa e convincente, completando a gravação do álbum de doze faixas em pouco mais de um mês de estúdio. O Prophets Of Rage rapidamente se tornou tanto uma experiência relevante para seus membros quanto uma chamada para o mundo todo entrar em ação.

Unfuck The World (Music Video) (Official Video, Explicit) by Prophets of Rage on VEVO.

As sessões criaram um novo espaço para crescimento e progresso, seja com a incorporação das turntables de DJ Lord ou com assuntos corriqueiros de B-Real, como por exemplo a vivência na rua na música Living On The 110. “Quando nos juntamos, nós estávamos tocando músicas do nosso catálogo, mas dessa vez nós também estávamos tocando novos grooves, com todos improvisando. E isso fez nos sentir muito bem”, recorda Wilk. “Rapidamente já havia uma linguagem que todos nós falavamos.” “Nós saímos em tour e ficamos bons como uma banda”, adicionaCommerford. 

Na sua essência, o Prophets Of Rage funciona não apenas pelo amor à música, mas também acreditando profundamente na força de uma ferramenta ou de uma arma. “Existem ritmos antes mesmo de existirem palavras”, observa Morello. “A música tem tanto a habilidade de refletir como de mudar os tempos. Existe uma longa história desde We Shall Overcome até os Sex Pistols”.

Dentro do DNA da banda, há influências variadas que vão de The Clash, KRS-One, a Johnny Cash, assim como as ideias e estéticas de seus antecessores: a textura das letras do Public Enemy, os riffs de quebrar o queixo do Rage Against The Machine, e a energia de festas alucinadas do Cypress Hills.

Foto: Travis Shinn

“A música é o passaporte para o mundo”, diz Chuck D, descrevendo a ligação que os músicos da banda tem. “Não é sempre que temos a oportunidade de ir aonde poucos até hoje já foram”.

Como a banda se pronuncia claramente no final do provocante novo vídeo: “O mundo não vai mudar sozinho, cabe a você”.

Comentários

Comentários