Subsolo na Caldeira - Marcel Caldeira

Três bandas do underground santista que estão deixando saudades

No #SubsoloNaCaldeira dessa semana, vamos falar sobre três grandes bandas da Baixada Santista que deram uma pause em suas atividades. Saca só!

Analisando Sara
Formado em 2006, o quinteto Analisando Sara conquistou o Brasil com seu rock experimental puxado para o hardcore. A banda lançou Quase Infame, em 2007, Repetição Imediata: Co-Evolução e Consequência‘, em 2009, 6567826968738469, em 2012, No Que Você Acredita?, em 2014 e Ponto Cego, em 2015.

Além de ganhar muitos prêmios, os santistas ficaram em 35º colocado no Top 100 Bandas da Baixada Santista do Blog n’ Roll. Clique aqui para ver todas as 100. A banda lançou como um presente de despedida o belíssimo videoclipe do single Corpo Vítreo, faixa presente no último EP Ponto Cego.

De acordo com a nota divulgado nas redes sociais do quinteto, a Analisando Sara entrou em hiato, chocando todos naquele momento. Porém, esse hiato já dura pouco mais de 1 ano e 7 meses. Nesse tempo, alguns integrantes já partiram para novos rumos.

Gilberto Junior, vocalista, formou a EmSi, power trio de rock alternativo, além de dar início recentemente em seu projeto solo, VidaIncerta. Bruno “Skero”, baterista, também partiu para um trabalho solo de música eletrônica, intitulado L a f a z a. O baterista também integra a banda Coyotes, power trio de Guarulhos. Diego “Munk”, guitarrista, formou o Death By Fuzz, um Duo com Skero.

Até agora, não há sinal de retorno.

Fuerza
Além da Analisando Sara, os santistas do Fuerza foram outros que entraram em hiato. Nascidos em 2013, a banda contava com dois EP’s e um videoclipe, feito de forma independente.

A banda não divulgou nenhuma nota. Mas essa pausa nas atividades fez com que alguns integrantes focassem em outros projetos.

Thiago Nascimento, que já era baterista da – também em hiato – Blackjaw, voltou para a banda de São Vicente que retornou com tudo com seu novo disco, Antíclimax. Já Nathan Motta, baixista, iniciou seu projeto solo acústico Alcantara.

Com isso, deve ficar complicado para a banda voltar a tocar. Deixando os fãs que curtem a banda só esperançosos para o retorno das atividades.

Same Flann Choice
Depois de 18 anos tocando, os santistas da Same Flann Choice também entraram em hiato. O que deixou todos surpresos. Pois no dia 7 de outubro, a banda subia ao palco para o lançamento do novo disco e, no dia 30 do mesmo mês, anunciava a paralisação das atividades.

A banda deixou dois maravilhosos discos: Pelo Hardcore e Saber O Caminho É Diferente De Percorrer. Uma saudade imensa para seus fãs.

O baterista Fabio Pupo continua na Analog e ainda integra a Disenteria.

Comentários

Comentários