Ouvi no Filme - Lupa Charleaux

Twin Peaks: Conheça as bandas que se apresentaram no The Roadhouse

Provavelmente, a série Twin Peaks foi responsável por propagar o termo “mind blowing”. Escrita e dirigida por David Lynch e Mark Frost, o programa se tornou cult após duas temporadas no começo dos anos 90. Além de gerar inúmeras teorias que não foram respondidas até hoje.

O seriado tem uma história realmente complexa de se explicar em poucas palavras. Contudo, ela pode ser resumida assim: o agente do FBI Dale Cooper vai para a cidade fictícia de Twin Peaks para investigar o assassinato da estudante Laura Palmer. Durante a investigação ele encontra diversos fatos e personagens que podem estar ligados ao crime. Tudo isso é contado com muito suspense, surrealismo e terror psicológico.

Em 2017, 25 anos após o seu encerramento, a série ganhou mais uma temporada com a intenção de continuar a história duas décadas após os fatos originais. Repetindo os velhos feitos, a trama ainda traz uma trilha sonora muito bem selecionada por Lynch. Dê uma olhada no trailer feito pela Showtime.

Twin Peaks sempre teve ligação com a música. David Bowie teve um papel importante no filme Os Últimos Dias de Laura Palmer (1992), uma história que antecede os acontecimento da série. O músico estava escalado para retornar a série. Porém, sua morte em janeiro de 2016 impediu que isso acontecesse.

Na nova temporada, o destaque musical fica por conta das apresentações que acontecem na taverna The Roadhouse. Cheia de artistas convidados especiais, os cameos geraram uma incrível trilha sonora e uma ótima oportunidade de conhecer novas bandas.

Grande parte das participações foram de grupos de indie rock e folk rock. Alguns deles aparecem mais de uma vez durante a produção, como foi o caso do Au Revoir Simone. O trio com influências de synthpop apareceu nos episódios Part 4 e Part 9, fazendo apresentações interessantes de músicas que remetem a atmosfera do seriado.

Sharon Van Etten é uma cantora americana de folk rock, tudo cheio de poesia e com uma voz bastante elegante. Sua participação em Twin Peaks acontece no encerramento do episódio Part 6, onde apresenta a belíssima Tarifa. Para mim, uma das surpresas da trilha sonora.

Saindo do folk e partindo para o jazz, a cantora mexicana Rebekah Del Rio já participou de outras trilhas sonoras de produções de David Lynch, como o longa Cidade dos Sonhos (2001). Em Twin Peaks, ela volta a colaborar com o diretor no episódio Part 10. Com No Stars, temos mais uma canção que traduz o jeito mais soturno e pouco convencional da série. Outra artista que vale a pena conhecer o trabalho.

Lynch não deu apenas oportunidade para artistas não tão conhecido do grande público. O palco do The Roadhouse recebeu ótimos representantes dos anos 90, como o Nine Inch Nails. Trent Reznor e seus companheiros aparecem no episódio Part 8 para tocar She’s Gone Away.  E mais uma vez, os produtores conseguem encaixar uma canção que, mesmo não sendo exclusiva para o seriado, no contexto da trama. Ela reflete o seu jeito “mind blowing” e fora dos padrões.

No episódio Part 16, Eddie Vedder aparece acompanhando do seu violão para tocar Out of Sand. O músico foi um dos últimos artistas a se apresentarem na série e trouxe uma balada para acalmar o público no meio de toda a agitação próximo do final da temporada. Curiosamente, o líder do Pearl Jam é introduzido pelo apresentador como Edward Louis Severson, seu verdadeiro nome.

Desde das temporadas originais, a proposta de Twin Peaks é fazer algo diferente do que é apresentado na TV americana. E sempre esteve a frente até de muitos seriados que vieram depois ou que foram influenciados por ele. São inúmeros plot twists que levam o telespectador para um mundo cheio de teorias.

E na mais recente temporada, David Lynch fez um grande favor de inserir grandiosas participações musicais. Além dos músicos que se apresentam no Roadhouse, outros artistas aparecem na trilha sonora. The Platters, Otis Redding e ZZ Top são alguns dos nomes que emprestam suas canções para a trama. Então, tire um tempo para ouvir essa excelente “coletânea” com os sons de Twin Peaks.

Comentários

Comentários