Redes Sociais

Surgem novidades no WhatsApp para empresas

whatsapp para empresas

WhatsApp anuncia novidades na sua “versão para empresas”, que deverá ser adquirida através de pagamento, com valor ainda indefinido.

A versão profissional do aplicativo anunciada no blog do WhatsApp, deverá oferecer uma plataforma completa de comunicação com os clientes, possibilitando avisos úteis como notificações de voo, entrega de produtos, confirmação de inscrições, agendamentos e outras. A empresa noticiou também que haverá uma versão gratuita para empresas menores.  

A ideia é facilitar a comunicação de todo tipo de empresa com seus consumidores, seja ela uma padaria, loja de roupa, clínica médica ou multinacional. Com a nova ferramenta será possível enviar mensagens para diversos clientes simultaneamente, assim como acontece com ferramentas de e-mail marketing por exemplo. Também deverá ser possível programar respostas automáticas através de “Chatbots”, ou seja, um assistente virtual que poderá conversar com os clientes utilizando-se de inteligência artificial.

whatsapp for bussiness

Além disso, o aplicativo poderá ficar um pouco mais seguro, as empresas confiáveis deverão ser reconhecidas por um selo verde, ajudando assim o usuário a escapar de ofertas falsas e vírus.

Ainda não é oficial, mas é possível também que o WhatsApp apresente um tipo de mecanismo de busca de produtos e empresas dentro da plataforma onde destacará empresas que pagarem por anúncios, assim como o Google Adwords faz hoje.

Para evitar uma chuva de Spans dentro do aplicativo, é provável que as empresas só possam enviar mensagens para os consumidores que contataram a empresa anteriormente, ou seja, o primeiro contato deve vir do cliente, seguindo a linha que o Chat do Facebook usa hoje.

Ao comprar o WhatsApp, o Facebook divulgou que o aplicativo não teria publicidade, mas parece que essa ideia está mudando na cabeça dos proprietários do negócio. O WhatsApp chegou ao patamar de 1.3 bilhões de usuários em todo mundo e mais de 1 bilhão de usuários ativos. Ao que tudo indica, está chegando a hora da empresa buscar o retorno sobre o investimento de U$ 19 bilhões feito pela aquisição do aplicativo.

Fonte: Techcrunch



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *