Depois dos abusos das festas, que tal sucos deliciosos e que ajudam a drenar as toxinas.  No verão todo mundo começa se preocupa mais em se cuidar, em desinchar, desintoxicar, bronzear. Um aliado nessas horas são os sucos funcionais que, além de hidratem, tem propriedades terapêuticas. E depois das festa é aquele desespero com os quilos a mais.
De acordo com a nutricionista Tatiana Branco, alimentos funcionais são aqueles com função terapêutica, além de fornecimento de nutrientes. “Eles auxiliam na prevenção direta de alguns tipos de doenças e condições”.
Para denominar um alimento como funcional, são estudados os princípios ativos e daí qual alimento é mais abundante neste princípio.
“Por exemplo: tomate tem licopeno, que auxilia na prevenção do câncer de próstata. Por isso o tomate é considerado funcional”, explicou.
Tatiana destaca que os sucos são interessantes por serem de fácil preparo e aceitação.
Infinitas combinações
“Os sucos funcionais podem ser aliados para auxiliar em dar disposição, energia, detoxificação, e ainda benefícios cosméticos. Há infinitas combinações de alimentos que podemos criar”.
Segundo ela, pessoas de todas as idades e condições podem consumir sucos funcionais, desde que respeitado um plano alimentar equilibrado e variado, e que o suco não seja a única fonte de nutrição desta pessoa.
“Para fazer em casa, use sempre alimentos frescos, se possível, orgânicos (evitando assim a contaminação por agrotóxicos, pesticidas e outros produtos) e que estejam na safra (tem doçura natural e estão com sua carga de nutrientes em nível máximo)”.
Ela diz ainda que é melhor não coar ou adicionar açúcar refinado e adoçante artificial.
Os preparos mais simples combinam folhas verde-escuras, frutas, e alguns adicionam suplementos como gelatinas ou grãos integrais (linhaça, aveia, chia etc).
“No caso da adição de suplementos é indicado ter acompanhamento e planejamento junto a um profissional nutricionista para adequar a dosagem indicada para cada situação”.
Alguns alimentos mais comumente utilizados são chá verde, suco de uva tinto integral, gengibre, chia, gergelim, maçã, frutas vermelhas (amora, morango, framboesa, mirtilo), cenoura, abacaxi, beterraba, couve, salsinha, mamão, gérmen de trigo.

RECEITAS

Para desinchar
2 folhas de couve + 1 fatia de melão + 4 fatias de abacaxi + 2 lascas de gengibre e 1/2 maço de hortelã pequeno (só as folhas) + 1 litro de água.  Bata tudo e beba geladinho.
Para bronzear
1/2 cenoura +1/2 beterraba + 1/2 maçã (com casca) + 300 ml de suco de laranja + 20g de gelatina incolor ou colágeno hidrolisado. .Bata tudo e beba geladinho
Para bronzear
1/2 mamão papaia + 1 cenoura + 1 goiaba vermelha + 1/2 beterraba + suco de 1/2 limão + 3 xícaras de água. Bata tudo e beba geladinho.
Para digestão
3 fatias de abacaxi + três folhas de hortelã + suco de 1/2 limão + 1/2 colher de sopa de mel ou algumas gotas de adoçante + 1 copo de água de coco. Bata tudo e beba geladinho

Gelo verde detox

A nutricionista Tatiana Branco dá a dica:
Para ter sempre a folha de couve na geladeira com os nutrientes preservados, faça gelinhos de couve e use-os aos poucos (três unidades para um copo). O mesmo pode ser feito com o espinafre, a hortelã e a salsinha. Bata tudo e beba geladinho
Preparo:
Lave um maço de couve (orgânica, de preferência) e retire o talo branco. Passe as folhas no processador ou bata no liquidificador com 1/2 copo (100 ml) de água. Distribua a couve triturada na forminha de gelo e leve ao freezer. Quando estiver firme, você pode armazenar os “gelinhos” num saquinho plástico.