Degustação de cervejas no Mucha Breja, em Santos.Fotos: Vanessa Rodrigues Vez ou outra surgem casas que dão uma chacoalhada no cenário do ramo de comida e bebida. Assim é o Mucha Breja, que não para de sacudir a cena.
Na última semana, fizeram a primeira noite de harmonização entre cervejas e pratos do chef Danilo Rocha (foto) e, hoje, lança o projeto Mucha Breja Convida, no qual Danilo recebe um convidado na cozinha. Para o lançamento, Felipe Cruz, do Las Marinas, promete um cardápio surpresa.
Será montada uma cozinha do lado de fora, para interagir com os clientes. Danilo também vai preparar algumas especialidades como os sanduíches briscket de peito bovino defumado com molho de cerveja stout (R$ 30), de panceta de porco com cremolata de cambuci e queijo prato (R$ 30 )e mil folhas de doce de leite defumado (R$ 20).
funktowTambém hoje, duas novas cervejarias lançam, ali, suas produções. Uma delas, a santista Infected, traz a Funky Town Juice, que vem com grande expectativa, por conta da experiência de seu cervejeiro: João Paulo JP (ex-Brejaria das Onças). De São Paulo, chega a Molinarius com sua Hoppiness. As duas são New England IPA.

Mucha Breja  Fotos: Alexsander FerrazHistória
Aberto há um ano e meio, a ideia inicial dos sócios do Mucha Breja era montar uma loja de cervejas. Perceberam, que mais do que a bebida, eles tinham que oferecer entretenimento. E, assim, surgiu o formato de hoje, lotado todas as noites.
“Estamos sempre criando eventos, parcerias, trazendo novidades para gerar experiências”, conta o sócio Renato Melo. Com mais de 200 rótulos do mundo todo –muitos inclusive santistas –– tem ainda cinco torneiras de chope artesanal, que mudam toda semana. Conseguem trazer, inclusive, raridades no Brasil, como chope La Trappe holandês.

Degustação de cervejas no Mucha Breja, em Santos. Fotos: Vanessa RodriguesHarmonização
Na primeira harmonização de cerveja com pratos preparados pelo chef Danilo Rocha, as combinações foram surpreendentes. A escolha da cerveja recaiu sobre a Odonata Dadiva, no estilo Russian Imperial Stout .
A primeira teve passagem por barril utilizado para produção de cachaça e foi servida com palitos de polenta com gorgonzola. A segunda, envelhecida em barril de rum foi harmonizada com sanduíche de porco desfiado e a terceira, com passagem por barrica de whisky, casou perfeitamente com o brownie de chocolate.
“A intenção é mostrar como a cerveja tem potencial de harmonização porque é uma bebida complexa, com muitos aromas e sabores”, diz Renato
Essas harmonizações serão mensais e a próxima será na segunda-feira, com preço de R$ 50 sócios e R$ 65, não sócios.
A agenda do Mucha Breja é sempre cheia. Por isso, o melhor é acompanhar o site www.muchabreja.com, sempre atualizado.
Em tempo: não espere uma casa com mesas, cadeiras, toalhas, talheres. O local tem estilo informal, moderninho e ideal para quem quer beber, petiscar e conversar com quem quer o mesmo.
Serviço: Mucha Breja (Rua Rei Alberto I, 161, Ponta da Praia). Funcionamento: Dias de semana, das 18h às 0h, sábado, das 16h à 1h e domingo, das 16h às 22h.