Carreira

Aprenda a como evitar o burnout em um novo emprego

como evitar burnout no novo emprego

É fácil entrar em um novo emprego e se esforçar além do normal para aprender todas as atividades da nova posição, entregar bons resultados e impressionar seus pares e líderes. Esta dedicação excessiva, sem os cuidados necessários, pode causar sérios problemas à sua saúde, causando síndrome de burnout (clique aqui para conhecer a síndrome e como afastá-la). Lembre-se que se sentir completamente exausto não é sinônimo de sucesso profissional ou que isto garantirá a manutenção de seu novo emprego. Na realidade, trabalhar excessivamente sem se cuidar pode gerar o efeito contrário, principalmente pois pode fazer você adoecer fisicamente ou mentalmente, te afastando do trabalho. Perceba que você não precisa entrar em seu novo emprego com o freio de mão puxado. Muito pelo contrário. É fundamental que você demonstre disposição e comprometimento com sua nova função. Dedicar-se além do normal nos primeiro dias é comum, você só precisa estar atento aos cuidados necessários para lidar…

Processo Seletivo

Use a tecnologia a seu favor no processo de recolocação profissional

use tecnologia a favor recolocação profissional

Atualmente não podemos mais negar que vivemos em um mundo conectado. Fingir que as soluções tecnológicas não existem ou manter sua indisposição para tirar proveito dessas ferramentas pode ser um enorme tiro no pé! Redes sociais, aplicativos de vídeo conferencia, testes online e diversas outras ferramentas devem ser incorporadas as suas estratégias de recolocação profissional ou seu desafio para conseguir um novo emprego poderão ser muito maiores. Nesta semana conversei com um profissional que está desempregado e buscando uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Perguntei quais passos ele tem executado para conseguir o emprego e a resposta dele me assustou. Ele me disse que estava apenas atualizando o currículo e que iria distribuí-lo fisicamente pois não acreditava que “vagas na internet são reais” e que “essa coisa de Linkedin não funciona”. E isto não é um caso isolado. Muitos profissionais deixam de aproveitar a enorme vitrine que a internet…

Processo Seletivo

5 dicas para profissionais experientes estruturarem um currículo

como estruturar curriculo profissional experiente

Você se considera um profissional diferenciado pois já possui mais de 15 anos de experiência, tem boas formações acadêmicas e conquistou resultados importantes nas empresas que trabalhou. Porém, algo indesejado acontece. Você envia seu currículo para inúmeras vagas e não obtém resposta. E uma pergunta te atormenta: por que eu não sou chamado para entrevistas? Caso você esteja se candidatando para vagas que tem uma relação direta com sua experiência profissional é bem provável que seu currículo seja o grande vilão. Afinal, é comum profissionais experientes terem grandes dificuldades para elaborar um currículo que resuma adequadamente seu perfil. Muitos sobrecarregam o currículo com um infinidade de cargos, qualificações, habilidades e experiências. E lembre-se que este excesso de informação atrapalha o recrutador, que geralmente tem menos de 1 minuto para triar seu currículo. E isto não ocorre por preguiça do recrutador, mas por necessidade, visto que para um único processo pode ser necessário…

Carreira

Você sabe “ligar” sua motivação profissional?

Como ligar sua motivação

Às vezes, ouço alguns profissionais dizendo que estão desmotivados e que não estão com o ânimo necessário para executarem os serviços que são solicitados pelas suas empresas. Isto pode acontecer com qualquer pessoa e é mais comum do que imagina. Vale lembrar que a falta de motivação não é sinônimo de preguiça ou falta de caráter. A motivação é soma de 3 componentes. Alguns fatores podemos produzir sozinhos outros fatores podem ser influenciados pelo ambiente de trabalho e pela cultura da empresa. Por isso digo que a falta de motivação nem sempre é culpa do colaborador, mas pode ser responsabilidade da empresa, sua estrutura organizacional ou da forma como a liderança conduz suas equipes. Os 3 fatores que formam a motivação O primeiro fator da motivação é propósito, ou seja, você precisa ter um objetivo em sua vida profissional. Seu propósito pode ser a conquista de uma quantia de dinheiro, a…