Sem categoria

Bom de papo

No final do ano passado, o secretário de Esportes de Santos, Sadao Nakai (PSDB – na foto), demonstrou gozar da confiança dos colegas da Câmara Municipal. Após oito anos na Casa, o vereador licenciado conseguiu garantir no orçamento de 2018 de sua pasta mais de R$ 1 milhão em emendas parlamentares. O reforço no caixa veio de 16 dos 21 vereadores. Desse total destinado à secretaria, 65% já foi executado nos programas, eventos e atividades esportivas no Município. O saldo de pouco mais de R$ 370 mil será concretizado em programas ainda em andamento e na compra de materiais e equipamentos de acordo com a necessidade.  

Sem categoria

In loco

O coordenador do PT na Macrorregião da Baixada Santista, Alfredo Martins, esteve hoje no ato que membros da sigla da estrela vermelha organizaram, em Brasília, para acompanhar o registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto. O dirigente partidário afirma que não poupou sola de sapato. “Nós caminhamos em marcha do Estádio Mané Garrincha até a sede do TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”, relata. “A militância está muito animada”.  

Sem categoria

Água brava

No domingo, os alagamentos voltaram a se repetir na região. Ofuscado pelo anúncio da ponte entre Santos e Guarujá feito pelo governador Márcio França (PSB), em junho, o projeto executivo das obras de combate a enchentes entre os kms 62,5 e 68 da Rodovia dos Imigrantes, em São Vicente, está praticamente concluído. Nove bairros serão beneficiados. As intervenções devem começar antes da temporada de verão e serão repassadas à Ecovias em troca do prolongamento do contrato de concessão do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). As ações de drenagem preveem a correção das falhas existentes no projeto original da rodovia que impedem o escoamento da água em dias de chuva forte e maré alta.

Sem categoria

Pra não dar erro

Dos R$ 9 milhões que os vereadores de Cubatão tinham direito de apresentar ao Orçamento Municipal de 2019, R$ 4,5 milhões eram das chamadas emendas impositivas – ou seja, não podem ter a destinação alterada pelo Executivo. Para acompanhar a tramitação dos processos relacionados às indicações feitas pelo Legislativo, o vice-prefeito Pedro de Sá (PTB) se reuniu com os parlamentares na quarta-feira para montar um cronograma de trabalho. No dia 16, a nova secretária de Governo, Renata dos Santos, se encontra com os vereadores para iniciar esse trabalho.

Sem categoria

Referências familiares

Com um ano e meio de primeiro mandato como vereador em Santos, Rui De Rosis (MDB) diz hoje dar ainda mais valor ao irmão, o ex-presidente da Câmara Municipal Marcus De Rosis (na foto) – cuja morte completou três anos nesta quarta-feira. “Só estando dentro para saber como é difícil”, comenta. “Ele foi um político sem igual”. O emedebista elogia o talento do mano mais novo para destravar empecilhos. “Era um articulador nato. Conseguia resolver os problemas na base do diálogo. Por isso era tão respeitado”. O parlamentar salienta que a referência de ambos foi o pai, o também ex-presidente do Legislativo Oswaldo De Rosis. “Ainda tenho que aprender muito para chegar aos pés deles”.

Sem categoria

Flor da idade

Acompanhada da santista Carina Vitral (PC do B), a ex-presidenciável Manuela D’Ávilla (PC do B) fez uma live nas redes sociais, hoje, para comentar sua opção de ser vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência. “Seria extraordinário, aos 36 anos, ser eleita presidente”, disse. “Mas buscamos uma saída conjunta para a esquerda”. Um internauta comentou que a candidata aparentava ser bem mais nova. “Obrigada, mas para concorrer a presidente ou vice, tem que ter no mínimo 35”, respondeu. “Não tenho como enganar!”.  

Sem categoria

Laços

A Câmara de São Vicente homenageou, hoje, a prefeita de Naha, Mikiko Shiroma, e o presidente da Câmara do município japonês, Shunei Onaga, com o título de Cidadão Vicentino. A outorga foi proposta pelo vereador Alfredo Moura (PROS). As duas cidades são consideradas ‘irmãs’ desde 1978 – o responsável por firmar o convênio à época, o então prefeito vicentino Koyu Iha (PROS), compareceu à solenidade, assim como a presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, a primeira-dama Lúcia França.