Sexo

Renascer

Abusos sexuais, questão que não se esgota na educação e infelizmente no noticiário policial. Mas o mais dolorido dessa situação é o não denunciar, é sofrer solitariamente e às vezes uma vida inteira por falta de apoio e acolhimento. Esse caso que a leitora me traz infelizmente não é incomum, nem raro. Oi, na minha casa ninguém me entende e pretendo parar de estudar. Fui abusada sexualmente aos 14 anos e me deixei levar pelo desânimo, mas tenho relações com meu namorado e ele nem sabe disso. O que eu devo fazer? Tenho 16 anos e acho melhor ir embora para sempre e abandonar tudo. O que eu posso enxergar através de seu desabafo é uma solidão muito grande, em que os segredos pessoais tomam uma dimensão muito maior do que na realidade são. Existem muitos aspectos que sua carta não esclarece e por isso vou generalizar um pouco. Espero…

Educação sexual

Educação sexual: família ou escola?

Às vezes nos pegamos em detalhes e acabamos esquecendo do todo. No que diz respeito à educação sexual é mais ou menos isso o que acontece. Sempre que existe a dúvida acaba-se não fazendo nada e a dúvida sobre de quem é o papel de educar sexualmente sempre traz algumas leituras e percepções distorcidas e não foi diferente com essa mãezinha que me escreve e eu achei por bem transcrever aqui para todos. Oi Dona Marcia, nem sei se estou certa em escrever para senhora, também não sei se é um conselho ou uma reclamação. Minha filha de treze anos está tendo umas palestras na escola que falam de sexo e eu não estou gostando disso, pois ela chega em casa e fica me perguntando coisas. Está certa a escola se envolver nesses assuntos? Cara mãe zelosa, agradeça à escola de sua filha a preocupação com informações acerca de sexualidade,…

Comportamento

Nem tudo que parece é.

Hoje escrevo sobre um assunto que é muito comentado entre as mulheres ,sem perceber que ao contrario do que parece é um momento novo,de renovação de projetos de vida e que na maioria dos casos é encarado apenas como perda e preocupação.Apesar de pessoalmente não gostar muito do termo ,ouso coloca-lo aqui para prefaciar o e mail recebido de uma leitora,vou comentar sobre a Síndrome do Ninho Vazio (de filhos) mas que pode e deve ser preenchido por sonhos e desejos abandonados em nome do mister de ser mãe.   Oi Marcia, estou vivendo uma situação banal, mas que me preocupa. Sempre tive um bom casamento e temos 3 filhos. Agora que os filhos saíram de casa sobramos nós dois e temos implicado muito um com o outro, quase não nos suportamos mais e não era isso que eu sonhava para minha velhice.   Considerada apenas como uma consequência da…

Afrodisiácos

Usou, lavou, está novo

Lavou está novo. Ouvimos isso a vida toda, o que reforçou a crença errônea de que a sexualidade masculina é rápida, eficaz e fluída, diferentemente do que ocorre para a mulher, crença que só reforçou a ideia de que, para elas, o sexo era proibido e distanciou muito homens e mulheres desse encontro íntimo que, quando vivenciado com respeito e igualdade, é a comunhão de dois corpos desejosos. Portanto, sempre que recebo e-mails de leitores com dúvidas, acho meu dever repassar e colocar aqui para uma reflexão. Essa é a queixa de uma mulher do desempenho sexual do marido, quando, na verdade, ele deve estar com alguma disfunção que não é vista assim, mas como uma falha na relação. “Oi, Marcia, sou casada há 3 anos, depois de 8 anos de namoro e nos damos bem, mas o sexo anda muito devagar, pois eu não ando com vontade de transar.”…

Comportamento

Amor, paixão e atração

O desejo é um dos nossos instintos mais fortes e muitas vezes nos vemos subjugados por ele. Destarte ser uma vivência transbordante de prazer, nem sempre tem uma autorização externa,social ou mesmo construtiva. Na modernidade em que se valoriza a qualidade de vida, a realização de sonhos e desejos parece antagônico falar aqui nesse espaço da necessidade de em algumas situações ponderar com a razão sob pena de destruir aspectos caros que não podem ser desprezados ,no caso em tela a união familiar. Falar tudo o que se pensa,fazer tudo o que se quer realmente traduz uma liberdade apaziguadora ,mas não podemos aqui deixar de falar dos limites de invadir a seara alheia e tanto mais grave fica quando o espaço invadido é o emocional. Para refletir sobre isso, relato e comento um e-mail recebido através desse blog. Oi Márcia, vou ser objetivo, pois nem eu sei como explicar o…

ménage a trois

Um é pouco,dois é bom e três…

As modas vão e voltam,isso não quer dizer que algumas coisas nunca ficam em desuso mesmo que fiquem fora de moda. Pois bem percebo isso por aqui também,talvez influenciada pela mídia,ou um filme algumas questões ficam mais recorrentes em algumas épocas e depois ficam meio aquietadas. A prática do  ménage,do  swing ,na época do lançamento do livro e do filme 90 tons de cinza,bombava aqui no blog com perguntas e dúvidas enviadas pelos leitores,depois foi a vez da homossexualidade quando um monte de celebridades resolveu sair do ” armário” expressão que detesto e esclareço os motivos oportunamente. Pois bem agora as questões envolvendo práticas sexuais não costumeiras voltam a ser comentadas.e como conse quência  recebo vários e mails como esse que transcrevo aqui para nossa reflexão. Tenho 21 anos, e meu namorado tem 27 anos. Ele me revelou que gostaria de ir para cama comigo e outra mulher. Nunca fiz nada de…