Futebol

Romarinho segue os passos de Viola e salva o Corinthians

O assunto tem a ver com o jogo entre Boca Juniors e Corinthians, disputado em La Bombonera nesta quarta e válido pela decisão da Copa Libertadores da América. Mas entendo ser necessário voltar no tempo antes de ir em frente. Regressemos então até 31 de julho de 1988. Final do Campeonato Paulista. Dia em que o Timão levaria um título importante com a presença decisiva e o gol do título anotado por um moleque de 19 anos chamado Viola, que ninguém conhecia até então. Ao Estadão, Viola contou que o então treinador Jair Pereira o viu comendo na lanchonete do clube e perguntou se ele teria coragem de entrar para ser titular na final, se Viola não tremeria. “Eu falei que não e ele me disse que manteria segredo comigo. Só eu e ele. Treinaríamos todos os jogadores, menos eu no ataque, mas eu seria o titular. E eu não…

Futebol

Quer emoção? Então fale com os argentinos

A fórmula de disputa é simples, porém estranha. Turno único e chega. As torcidas celebram dois campeões nacionais por ano e existe a banalização do maior troféu do país. Para piorar, o cálculo feito para definir os rebaixados é patético, pois leva em conta a média de pontos em três anos e obriga os torcedores a frequentarem estádios com calculadoras nas mãos. Existe um campeonato assim no mundo? Sim! Agora joga tudo isso num caldeirão imaginário, misture bem, adicione dinheiro do governo federal e você terá como resultado final o que acontecerá no próximo sábado e domingo na Argentina. Com grana pública sendo usada para manter em dia o futebol, estádios acanhados e falhas nos regulamentos. Mesmo assim, o país inteiro estará de olho nos jogos e diante de televisores e rádios. Hora da final! O Campeonato Argentino experimenta neste final de semana uma sensação única de sucesso e dever…

Futebol

Boca Juniors muda tudo em um ano e vai das trevas à glória

Gostaria de pedir desculpas aos leitores do Blog Futebol Internacional. O texto desta quarta-feira foi ao ar apenas às 15h35 porque este blogueiro precisou dormir e se recuperar da cobertura que vem fazendo para o jornal Expresso Popular sobre os transtornos vividos por trabalhadores portuários avulsos no Porto de Santos. O bicho, literalmente, está pegando. Espero que tudo volte ao ritmo normal – tanto no porto quanto na minha vida – nos próximos dias. Boa leitura e obrigado pela compreensão! Quantas vezes você não ouviu a célebre expressão “o mundo dá voltas”? Apesar de batida, esta é a frase que resume com mais precisão e objetividade o que se passa hoje com o Boca Juniors. Um dos maiores clubes argentinos estava há um ano em uma situação tão vexatória que a maior diversão da sua torcida era secar o River Plate e rezar por sua queda à Série B. 365…

Futebol

Jogos históricos – River Plate 3×3 Boca Juniors – 1997

River Plate e Boca Juniors já realizaram partidas mais importantes que uma simples disputa na 6ª rodada do Torneio Clausura de 1997. Só que o empate de 3 a 3 entre os gigantes argentinos em 3 de março daquele ano merece espaço no Blog Futebol Internacional por ser o duelo mais emocionante nesta rivalidade histórica que, em 2012, completa 99 anos de guerras, ódio, admiração enrustida e muitas lendas. Se eu fosse falar da rivalidade entre os dois times, poderia escrever um livro. Como eu sei que o amigo internauta não tem tempo para passar um dia inteiro na tela do computador, vamos tentar resumir em poucas linhas o que torna este duelo o mais charmoso da Argentina, um dos mais tensos no mundo e o que tem mais relatos de superação, dramas, heróis e vilões dentro dos gramados. Boca e River têm origem idêntica: foram criados no bairro de…