Futebol

Mandar Ney Franco embora não resolve a vida do São Paulo

A derrota por 2 a 1 para o Arsenal de Sarandí não estava nos planos do São Paulo, mas cogitar a demissão do treinador Ney Franco não vai ajudar em nada o Tricolor do Morumbi a alcançar o objetivo mais palpável agora: se classificar às oitavas de final da Copa Libertadores da América, nem que seja aos trancos e barrancos. Falar em Mano Menezes ou Paulo Autuori chega a ser uma bobagem neste momento. O São Paulo está aquém do que pode produzir? Sim. Nem mesmo Ney Franco ousa ir contra essa corrente. Mas a situação do Grupo 3 não chega a ser desesperadora e o time brasileiro tem tudo para superar o mau momento. Quanto se apela para a matemática na hora de se comentar as chances de qualificação, fica evidente que alguma coisa saiu do lugar. Contudo, os números ajudam o Tricolor, tenha certeza. Hoje, o Atlético Mineiro…

Futebol

Corinthians acorda pra vida e vence Tijuana com autoridade

O campeão do mundo fez jus ao escudinho dourado da Fifa que ostenta no peito e deu um show de bola nesta quarta-feira (13). Sim, o Corinthians voltou a abusar da precisão nas oportunidades de gol que construiu, sufocou o Tijuana com uma forte marcação e aplicou um banho tático para cima dos mexicanos, que levaram um 3 a 0 incontestável no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Algo de fazer cair o queixo. Antes e durante o jogo, muitos falaram do apoio que os torcedores do Timão iriam dar ao time, com a liberação do público depois do desastre na Bolívia. Mas eu quero falar de Tite. Esse sim teve papel decisivo. Muito mais que Gaviões da Fiel, Camisa 12, torcedores coxinhas, maloqueiros e qualquer outra categoria de corintianos. O treinador encaixou Renato Augusto entre os 11 titulares de um jeito incrível. E o ex-jogador do Flamengo e do…

Futebol

Romarinho segue os passos de Viola e salva o Corinthians

O assunto tem a ver com o jogo entre Boca Juniors e Corinthians, disputado em La Bombonera nesta quarta e válido pela decisão da Copa Libertadores da América. Mas entendo ser necessário voltar no tempo antes de ir em frente. Regressemos então até 31 de julho de 1988. Final do Campeonato Paulista. Dia em que o Timão levaria um título importante com a presença decisiva e o gol do título anotado por um moleque de 19 anos chamado Viola, que ninguém conhecia até então. Ao Estadão, Viola contou que o então treinador Jair Pereira o viu comendo na lanchonete do clube e perguntou se ele teria coragem de entrar para ser titular na final, se Viola não tremeria. “Eu falei que não e ele me disse que manteria segredo comigo. Só eu e ele. Treinaríamos todos os jogadores, menos eu no ataque, mas eu seria o titular. E eu não…

Futebol

Boca Juniors muda tudo em um ano e vai das trevas à glória

Gostaria de pedir desculpas aos leitores do Blog Futebol Internacional. O texto desta quarta-feira foi ao ar apenas às 15h35 porque este blogueiro precisou dormir e se recuperar da cobertura que vem fazendo para o jornal Expresso Popular sobre os transtornos vividos por trabalhadores portuários avulsos no Porto de Santos. O bicho, literalmente, está pegando. Espero que tudo volte ao ritmo normal – tanto no porto quanto na minha vida – nos próximos dias. Boa leitura e obrigado pela compreensão! Quantas vezes você não ouviu a célebre expressão “o mundo dá voltas”? Apesar de batida, esta é a frase que resume com mais precisão e objetividade o que se passa hoje com o Boca Juniors. Um dos maiores clubes argentinos estava há um ano em uma situação tão vexatória que a maior diversão da sua torcida era secar o River Plate e rezar por sua queda à Série B. 365…