Futebol, Jogos históricos

Jogos históricos – Valência 4×1 Barcelona – 2000

O meia brasileiro Rivaldo não conseguiu ver a cor da bola e participou da humilhante derrota do Barcelona

O dia em que Davi bateu Golias. Assim podemos resumir o que ocorreu no Estádio Mestalla em 2 de maio de 2000. O Barcelona chegou com tudo às semifinais da Liga dos Campeões da Europa e era favoritíssimo para o duelo contra o Valência. Sim, naquela época a Espanha não se resumia a Real e Barça e clubes como o Valência causavam estragos nas competições nacionais e continentais. Apesar disso, quem era louco de dizer que o Barcelona seria eliminado? Só que o improvável aconteceu. Lembro que o Valência contava com o argentino Hector Cuper como seu treinador. Não que o cara fosse um gênio, mas ele conseguiu montar um Valência consistente, com forte pegada na marcação e sempre deixando a bola limpa para os craques do time – Mendieta e Kily Gonzalez – resolverem a parada lá na frente. Já o Barcelona tinha Rivaldo, metade dos titulares da seleção…

Futebol, Futebol inglês

Os dois Chelseas de André Villas-Boas

Villas-Boas sofre críticas da imprensa inglesa por não se preocupar tanto com a marcação

Ao final de mais uma rodada da Uefa Champions League, uma pergunta vem na cabeça de quem acompanha futebol: qual é o verdadeiro Chelsea dirigido pelo português André Villas-Boas? O time seguro que até duas semanas atrás liderava sem ameaças sua chave na Uefa Champions League ou o grupo ingênuo que levou uma bordoada de 5 a 3 do Arsenal em casa no sábado passado, pelo Campeonato Inglês, e tropeçou diante do Genk, na Bélgica, na terça-feira? Tudo leva a crer que a primeira opção seja a correta, mas há um medo em Stamford Bridge de que a segunda hipótese dê as caras na hora errada e o clube amargue uma temporada sem títulos. Depois do começo fulminante como treinador do Porto, em Portugual, André Villas-Boas chamou atenção do mundo. Extremamente jovem e com apenas 33 anos de idade, ele viu o dono do Chelsea, o russo Roman Abramovich, pagar…

Futebol, Futebol francês, Futebol inglês

Manchester City: o novo Olympique de Marselha

23

Ambos têm torcidas apaixonadas. Sofridas e carentes de títulos de grande porte na Europa. Que choram e sorriem ao ver as cores azul clara e branca no gramado. E que passaram por uma radical transformação após injeções de dinheiro. Parece até roteiro de novela, mas Manchester City e Olympique de Marselha têm muita coisa em comum. Resta ao time inglês não cometer os pecados que mancharam a história do clube da França e curtir os benefícios de ter muito dindim. O mundo do futebol passou a prestar atenção no Manchester City após a goleada de 6 a 1 aplicada no Manchester United. O patinho feito de Manchester desbancou o maior rival. Depois de amargar fracassos na segundo divisão, o clube mudou de patamar após ser comprado por um grupo dos Emirados Árabes. Recebeu Robinho, Tevez, Nasri, Aguero, David Silva, Dzeko (veja alguns gols do jogador abaixo) e um montão de…

Futebol, Futebol italiano

Napoli: a volta do gigante adormecido

Cavani

Um dos fatos mais bacanas do futebol europeu em 2011 é a consolidação do Napoli no grupo dos chamados grandes clubes. A equipe que brilhou nos anos 80 com o mito argentino Diego Armando Maradona em campo disputa nesta temporada a Liga dos Campeões da Europa, tem chances reais de classificação para a segunda fase da competição europeia e vai bem no Campeonato Italiano, onde segue firme na disputa pelo título. E isso tudo depois de amargar o vexame de ir parar na Terceira Divisão há menos de 10 anos. Mas, calçado no trio de ataque formado pelo uruguaio Cavani, pelo argentino Lavezzi e pelo eslovaco Hamsik, o clube faz um brilhante papel. Ainda é cedo para cravar se o Napoli tem reais chances de título no campeonato europeu. Mas já ganhou o espetáculo de torcida mais apaixonada. A festa que os fãs promovem em todo jogo da Liga dos…