Futebol

Vinicius Júnior chega com tudo ao Real Madrid

Impressionante. Assim podemos definir a adaptação de Vinicius Júnior ao Real Madrid até aqui. O atacante de 18 anos que deixou recentemente o Flamengo e nem bem chegou ao clube espanhol já conseguiu demonstrar em poucos treinos e jogos da pré-temporada que reúne condições de fazer e acontecer no time merengue, ao contrário do que muitos pessimistas de plantão imaginavam.

No último sábado (4), em amistoso contra a Juventus disputado nos Estados Unidos, a entrada dele em campo após o intervalo foi decisiva para o Real virar o placar e vencer por 3 a 1. Ao lado de outro jovem muito bom de bola, o espanhol Asensio, Vinicius colocou fogo na partida. Abusou dos dribles, fugiu da marcação rival para aparecer livre diversas vezes e deu uma assistência precisa que virou gol. Três dias antes, já havia enlouquecido a zaga do Manchester United em outro amistoso com sua habilidade acima da média.

O ex-flamenguista não chegou ao Real para ser o substituto de Cristiano Ronaldo. Mas, se for bem lapidado pela comissão técnica e acolhido pelos companheiros – Benzema tem tido papel fundamental nessa fase de adaptação -, pode ser o símbolo de uma nova era no clube, levando toques de improviso tipicamente brasileiros a uma equipe conduzida nos últimos anos pela força física e obstinação de CR7, que não à toa ganhou o apelido de Robozão e até levou isso na brincadeira.

O mais legal é que Vinicius Júnior não tem demonstrado, ao menos publicamente, problemas para lidar com a fama, com uma maturidade chocante para um jogador tão novo e badalado. No Flamengo, conviveu bem com o fato de ter jogado já vendido ao Real por 45 milhões de euros. Na Espanha, a nada imparcial imprensa de Madrid já o compara a Neymar, mas ele nem quer saber da brincadeira. “Sei aonde posso chegar e com a ajuda de tudo mundo aqui, se Deus quiser, eu vou brilhar muito no Real”, disse o garoto, no fim de semana.

Vinicius tem muito a melhorar em alguns aspectos, como a finalização – como apontou o ídolo flamenguista Zico e os chutes errados contra a Juventus comprovaram. Mas isso só aumenta a expectativa em torno do que o menino pode aprontar dentro das quatro linhas e me faz crer que poucas vezes 45 milhões de euros foram tão bem investidos pela Real Madrid nos últimos anos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *