Alerta Saúde

Autismo, do que se trata esta doença?

O autismo é uma doença neurológica, de causa multifatorial, genética, ambiental que afeta o desenvolvimento psicológico, cognitivo e social da criança em graus variados dependendo de seu nível de acometimento, que podem ir desde o leve até o severo e incapacitante. Dependendo do grau de acometimento as crianças podem apresentar limitações cognitivas, de relacionamento e sócio afetivas. A família tem papel fundamental na compreensão da doença e na maneira como lidar com a criança, o que faz diferença nos resultados conquistados.

Alerta Saúde

Como lidar com as restrições alimentares na infância?

Não é incomum termos crianças diagnosticadas no teste do pezinho com doenças que demandam restrição de proteínas. Desde cedo essas crianças serão acompanhadas pelo pediatra e pelos pais sobre os alimentos que podem ou não consumir. É muito importante gerar uma consciência alimentar nas crianças desde cedo, principalmente naquelas que têm restrições alimentares, como alergias, intolerâncias e outras doenças metabólicas. As crianças que sofrem de doenças que requerem restrições alimentares terão um desafio pela vida afora. Enquanto forem pequenas, sob o cuidado contínuo dos pais, isso não representará um problema. Quando crescerem e começarem a frequentar creche, escola, convívio social, familiar e observarem as outras crianças que não possuem tais restrições, questionarão os motivos e muitas vezes se sentirão diferentes e limitadas. É importante que os pais orientem e apoiem esse filho para que encare com a maior naturalidade possível essa questão. A escola e a família devem dar o…

Atualidades

Geração Alpha, crianças preparadas para o futuro

As crianças nascidas a partir de 2010 pertencem à chamada geração Alpha. Elas tem como característica a interação com a tecnologia desde fases precoces de seu desenvolvimento. Conseguem interagir de maneira natural com as tecnologias digitais e parecem ser mais inteligentes que os nascidos em gerações anteriores, ou ao menos para esse tipo de inteligência, tem maior habilidade, que parece já nascer com eles. Apresentam também características de mais independência e de adaptação ao meio. A mudança na tecnologia com o acesso aos computadores, tablets e celulares, o tipo de informação que eles transmitem, a maneira de interação, os estímulos sensoriais diversos como imagens, sons, cores, links, movimentos, tudo é muito novo e diferente de há poucos anos atrás. Nosso cérebro é muito plástico e, principalmente as crianças que lidam com essas informações, estimulam o cérebro de maneira inovadora e geram conexões que ainda não entendemos nem sabemos aonde chegarão,…

Blog

Infarto do miocárdio em jovens. Qual a causa? Como evitar?

O infarto do miocárdio é raro entre pessoas abaixo dos 40 anos, cerca de 5% dos infartos acontecem antes dessa idade. Pessoas saudáveis e jovens geralmente tem pouca predisposição à infartar. Já jovens que não tem boa saúde podem sim infartar, principalmente se tiverem fatores de risco para cardiopatias, como as doenças diabetes mellitus e hipertensão arterial, especialmente quando não tratadas nem adequadamente controladas. As drogas, principalmente a cocaína e as anfetaminas são potencialmente perigosas para o coração e podem levar à complicações cardiovasculares e ao infarto. Além da pressão alta e do diabetes, há outros fatores que predispõe os jovens às doenças cardiovasculares e ao infarto do miocárdio: o tabagismo, colesterol muito elevado e não controlado, predisposição familiar para as doenças cardiovasculares, doenças autoimunes como o lúpus eritematoso sistêmico, alterações da coagulação sanguínea, vasculites, insuficiência renal, e todas essas doenças aumentarão a predisposição ao infarto em jovens quanto mais…