Atualidades

Orgasmo e sexualidade saudável, quais são suas funções?

A vivência da sexualidade saudável é uma função que deveria pertencer somente ao mundo adulto. O orgasmo como o clímax da relação sexual traz intensas sensações de prazer e conexão, e possui diversas finalidades. Segundo a visão biológica é o chamariz da evolução para atrair os seres vivos para o sexo, a fim de garantir a reprodução e continuidade das espécies. Por isso na maioria das espécies o desejo sexual e o acasalamento só acontecem durante o período do cio, enquanto que nos seres humanos acontece em qualquer período. Apesar disso, a sexualidade ainda é assunto associado a tabus, preconceitos, dificuldades e sendo assim pode gerar tanto sofrimento quanto bem estar. O blog Mais Saúde irá abordar neste post um importante efeito da vivência da sexualidade e do orgasmo, acompanhe conosco.

Atualidades

Síndrome de Poliana. Ver o mundo “cor de rosa” pode ser prejudicial à sua saúde!

A síndrome de Poliana se baseia na conhecida obra de Eleanor Porter, a história da menina que enxergava tudo “cor de rosa”, sempre acreditando no melhor da vida e das pessoas. A partir desta obra, surgiram muitas polêmicas a respeito da utilidade e benefícios ou malefícios de perceber o mundo desta maneira. Ver e viver o mundo a partir de uma perspectiva madura, adulta, e de forma otimista é algo importante. Porém o otimista é também realista. Sabe das dificuldades, dos problemas, porém foca nas possíveis soluções, e não desiste facilmente. Já enxergar tudo “cor de rosa” tem uma característica e um viés supostamente infantil, que nega a realidade, e vê a vida através de uma lente ilusória, o que pode certamente levar a equívocos de julgamento e avaliação. A sociedade, principalmente os jovens são levados por imaturidade e por vezes por falta de orientação familiar a ver o mundo…

Alerta Saúde

Perfeccionista, eu? A busca pela perfeição é uma busca pela morte!

Tornou-se conhecida uma piada, que diz que ao passar por uma entrevista de emprego, ao ser perguntado “qual seu pior defeito”, o candidato responde: “perfeccionismo”, colocando como defeito uma característica que poderia ser interessante para a empresa, o candidato que sempre quer fazer as suas tarefas perfeitamente. Será o perfeccionismo um defeito? Não devemos procurar fazer as nossas coisas da melhor maneira possível? Quais os problemas que o excesso de perfeccionismo pode causar em uma pessoa e nas pessoas ao seu redor? É muito importante fazer as coisas da melhor maneira possível, corretamente, buscando sempre a perfeição, porém sabendo que ela geralmente é muito difícil de ser conquistada. Errar é humano, porém o erro deve sempre ser diminuído até o mínimo atingível, e devemos nos permitir errar em coisas novas, não mais no mesmo. Mas isso é bem diferente de perfeccionismo. O perfeccionismo pode ser prejudicial quando nos torna rígidos…

Atualidades

O pai nos ensina a conhecer o mundo e amar o diferente!

Desde o começo buscamos o diferente porque percebemos que através do diferente nos tornamos mais e nos tornamos completos (…) Em todas as partes experimentamos algo sem o diferente como incompleto. Tudo se experimenta completo somente com o diferente”. – Bert Hellinger Essa é a função do PAI, levar os filhos a conhecer o Mundo, que é o diferente. Quando nascemos, a primeira relação, o primeiro Amor é a mãe, e somos iguais a ela. Um bebê sente que é Um com a mãe e somente com o desenvolvimento tem a percepção que ele e a mãe não são uma só pessoa. Então a mãe é o IGUAL. Mas a Vida exige que conheçamos o DIFERENTE. Para que isso aconteça a mãe deve realizar sua função e levar seu filho a “conhecer” o PAI, que é quem nos mostra o mundo. E o mundo é o DIFERENTE, e assim teremos…