Palmeiras

Verdão pode evoluir

Amigos, classificado na Libertadores, o Palmeiras demonstrou a vocação ofensiva do time para alcançar o triunfo no Allianz Parque, perante trinta e oito mil pessoas. Mina e Guerra foram as principais figuras do time. No entanto, os argentinos do Tucumán desperdiçaram cinco oportunidades de gols. Portanto, o sistema defensivo não está legal, principalmente nas duas alas. Zé Roberto, com o gol marcado, é o jogador mais velho a balançar as redes em uma edição da competição sul-americana. Porém, será necessário montar um sistema que garanta segurança ao ótimo lateral-esquerdo de 42 anos nos compromissos mais complicados. Os visitantes marcaram, na investida pelo lado de Jean e Roger Guedes não conseguiu acompanhar, uma vez que desgastou-se demais durante o confronto. E falta muita coisa para Borja, pois o rapaz não é tão intenso como Willian, que deixou o golzinho dele, novamente. Cuca disse que a paciência com o atacante “vai longe”….

Corinthians

Seleção à vista

Amigos, a fase do Jô é muito boa e o rapaz sonha com o retorno à Seleção Brasileira. Gente, o moço tem todo direito. Ele sabe que está longe de ser craque, mas raciocinem comigo: o atacante corintiano deve receber umas duas bolas por jogo para fazer a parte dele. E consegue marcar um golzinho, pelo menos. Imaginem em um time com Neymar e Cia? Entendo que Fred ainda poderia receber outras oportunidades, devido à escassez de jogadores com bom nível, mas não devemos descartar o Jô. Por sinal, a diretoria mosqueteira acertou em cheio na contratação do homem que vai brigar pela artilharia do Brasileiro. No começo da temporada, quem apostaria as fichas nele? Poucas pessoas, hein?

São Paulo

“Um alívio”

Amigos, Luiz Araújo foi sincero na saída de campo depois do gol no triunfo por 2 a 0 sobre o Avaí. “‘Um alívio”, definiu o atacante, considerado uma das boas figuras de um time que contou com Lugano na zaga. Sinceramente, respeito Rogério Ceni, mas o uruguaio é fraco tecnicamente e não tem o vigor físico de outros tempos. Marquinhos poderia ter aberto a contagem para os catarinenses, mas errou feio à frente de Renan Ribeiro. E os são-paulinos, mesmo sem um futebol de encher os olhos, conquistaram os três pontos. Thiago Mendes deixou o gramado, com lesão no  joelho, mas a ressonância indicou somente um edema. Portanto, não é caso cirúrgico. Doze mil pessoas prestigiaram o confronto válido pela segunda rodada do Brasileiro e Paulo Henrique Ganso estava lá, pois curte férias no Brasil.

Palmeiras

Decisão contra o Tucumán

Amigos, não tem essa de que o time está com a vaga praticamente assegurada para a próxima fase da Libertadores. O jogo diante do Tucumán será de vida ou morte. Caso ocorra uma surpreendente eliminação, Cuca sabe que o principal objetivo da diretoria esmeraldina iria por água abaixo em 2017. O investimento foi absurdo, com as contratações de Borja e Guerra, como sabemos. Por sinal, o meia venezuelano vai desfalcar o Alviverde Imponente contra Atlético-MG e Coritiba no Campeonato Nacional, devido à convocação do selecionado de seu país. Na quarta-feira, pela competição continental, Thiago Santos deve atuar no lugar de Felipe Melo, suspenso. A equipe argentina não é um bicho de meter medo, mas sempre convém respeitar, pois o exemplo do Flamengo está vivo. Ninguém imaginaria o Rubro-Negro eliminado na fase de grupos e ocorreu, assim como aconteceu com o próprio Palmeiras em 2016. Bem, acompanhem a matéria do Globo…

Corinthians

Vitória magra, com mais um gol de Jô

Amigos, o Corinthians voltou a vencer, depois do título no Paulistão. E conquistou o primeiro triunfo no Brasileiro, graças ao oportunismo de Jô, em um lançamento maravilhoso de Marquinhos Gabriel, cuja entrada no segundo tempo mudou o panorama do jogo. Portanto, Fábio Carille merece crédito na alteração, pois sem Marquinhos talvez não fosse possível alcançar os três pontos. Bem, independentemente do elogio ao treinador mosqueteiro, cumpre lembrar que a partida não agradou e o Vitória foi muito incompetente, com Cleiton Xavier e Rafael na frente. Mas a vitória do Timão compensa o empate diante da Chapecoense, na rodada de abertura.

Palmeiras

A primeira derrota do Verdão

Amigos, com a participação em três competições difíceis ao mesmo tempo, o técnico Cuca optou por escalar um time alternativo em Chapecó e o risco da derrota existia. O zagueiro Juninho, recém-contratado, estreou e saiu contundido nos últimos minutos do tropeço diante da Chapecoense. O Alviverde Imponente encerrou a partida, sem ter como contar com onze jogadores, pois as três alterações foram realizadas pelo treinador, anteriormente. Mesmo com as substituições, o gol do empate não ocorreu. E a equipe esmeraldina perdeu pela primeira vez no Brasileiro, mas estamos apenas no início da temporada. Sabemos que a prioridade é a Libertadores. No entanto, estes pontos perdidos em Santa Catarina serão lamentados nas rodadas derradeiras do Nacional.

Corinthians

Clayson cheio de motivação

Amigos, o Corinthians apresentou Clayson, que chega com muita vontade de acertar. Ele não é um artilheiro, apesar dos dois gols pela Ponte Preta sobre o Sport, no domingo. Mas, com certeza, vai ajudar bastante a equipe lá na frente, pois existia essa necessidade de opções para o técnico Fábio Carille. Na matéria do Globo Esporte exibida hoje, Clayson disse que é um jogador “agudo”, ou seja, promete dar trabalho aos zagueiros contrários. Flávio Adauto, em nome da diretoria, disse que os salários dos atletas estão rigorosamente em dia e confirmou as pendências com empresários e outros clubes. Bem, Fagner e Rodriguinho foram convocados por Tite, sendo que desfalcarão o Alvinegro em três jogos, principalmente no clássico diante do São Paulo. Por sinal, o Timão foi mais prejudicado, pois irá ceder o maior número de selecionáveis que atuam no Brasil.