Leve a vida leve

Escolha ser feliz!

child-1674021_1280

As pessoas não acreditam na felicidade plena. Normal. O ser humano não crê que dá pra viver bem, sem sofrimentos, sem frustrações, sem vitimizações. Se vê alguém emagrecendo, diz que tomou remédio. Se vê alguém fazendo sucesso, diz que passou por cima de outro alguém para isso. Se vê um casal feliz, diz que há algo de errado por trás. Se vê alguém ficando rico, diz que deve estar roubando. Normal. O ser humano não sabe ser feliz simplesmente por estar condicionado a não sê-lo. O ser humano não sabe lidar com a felicidade alheia porque não quer ter o “trabalho” de ser feliz. Ser feliz requer esforço, coragem, foco, consciência e muita, muita maturidade. Ser feliz requer se livre das amarras dos condicionamentos e dos padrões adquiridos ao longo da vida. Aí, quando vê alguém em situação melhor, trata de desqualificar, desmerecer ou desprezar. Normal. É a forma que…

Emagreça de dentro para fora

Não emagreça porque você se odeia… Emagreça porque se ama!

girl-1932704_1280

“Eu odeio meu corpo! Não gosto da imagem que vejo no espelho. Todas as vezes que saio para comprar roupas, é um sofrimento só! Me incomoda aquele pneuzinho que fica sempre marcado…”. Essas frases são típicas e comuns de serem ouvidas por quem está incomodado com o sobrepeso ou sofrendo com a obesidade. É muito normal descontarmos nossa insatisfação com o corpo nele mesmo e passar a odiá-lo. Porém, é válido lembrar, que se alimentarmos esse sentimento em relação a nós mesmos, podemos prejudicar nosso processo de emagrecimento. E você sabe por que? Primeiramente, porque podemos usar a má alimentação como uma espécie de punição de termos chegado ao ponto que nos deixamos chegar. E assim criamos um ciclo que envolve insatisfação – punição – culpa – insatisfação – punição – culpa… E esse ciclo pode não ter fim! Devemos nos amar acima de tudo e entendermos que o corpo…

Emagreça de dentro para fora

Não engorde nossas crianças!

mouth-416483_1280

Já é sabido que a obesidade é uma doença, que pode gerar comorbidades. E que atua também como sintoma de um desequilíbrio, seja ele fisiológico ou emocional. Porém, o que pouco se sabe é que a obesidade pode começar lá na infância: seja nos maus hábitos, nos comportamentos aprendidos ou nos significados que atribuímos inconscientemente a comida e aos exercícios físicos e como isso fica registrado no emocional da criança. Uma informação real é que a obesidade atinge cerca de 42 milhões de crianças com menos de 5 anos pelo mundo. Sabemos sim que há participação genética nesse quadro. Mas essa participação é mínima se compararmos aos danos causados pela influência do ambiente em que a criança está inserida. A forma que a criança é apresentada pela comida, os estímulos emocionais aos quais ela é apresentada, a falta de incentivo ao esporte entre outras passagens podem atuar como fatores preponderantes no desenvolvimento do sobrepeso…

Seja Leve

O que te mantém na zona de conforto

hammock-2036336_1280

Zona de conforto… Tá aí uma expressão comumente utilizada nos dias atuais. Com a massificação do estudo do comportamento, é fácil ouvirmos falar na tal. Mas, você sabe ao certo o que esse termo significa? A zona de conforto é a expressão que remete ao lugar “mental” onde você permanece, resistindo a mudanças e a desafios. O que pouca gente sabe é que essa zona de conforto não é necessariamente confortável… Muitas vezes você permanece em sua zona de conforto apenas por ter nela comportamentos e situações que lhe são conhecidos, mas não necessariamente bons. A ideia de estar na zona de conforto não é uma garantia de felicidade. E muito menos de que não serão enfrentadas situações ruins. Pelo contrário! Podemos nos acostumar a comportamentos e situações que nos fazem infelizes, apenas pelo simples fato de serem conhecidos e familiares. Ficar na zona de conforto limita você, porque não lhe permite…