Leve a vida leve

As marcas emocionais deixadas pelos pais alcóolatras

Está comprovado que o álcool é a droga preferida dos brasileiros, com adesão de aproximadamente 68,7% dos brasileiros. No País, 90% das internações em hospitais psiquiátricos por dependência de drogas, acontecem devido ao álcool, talvez por se tratar de uma droga ainda socialmente aceita e reforçada. O alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo e é a causa da maioria dos acidentes fatais de trânsito. Além disso, causa cerca de 350 doenças (físicas e psiquiátricas) e torna dependentes da droga um de cada dez usuários de álcool. Mas o alcoolismo não deixa marcas apenas no alcoólatra. Toda família e pessoas em seu entorno sofrem com a doença. E essas consequências podem deixar marcas não só físicas, mas também emocionais que, se não tratadas, afetam todo o desenvolvimento e o resto da vida da pessoa envolvida. Os pais alcoólatras deixam muitas marcas no emocional dos seus filhos, podendo variar…

Leve a vida leve

Um presente para as mães no dia dos pais

Pai, eu sei que hoje é seu dia. Mas, me permita nesse post, direcionar minhas palavras às mães. Eu ainda não sou mãe, portanto desconheço esse mundo da maternidade e por isso relutei tanto a escrever sobre esse tema. Mas tenho conhecimento apropriado, possuo uma vasta teoria que talvez possa ajudá-la a ressignificar esse papel. E sou dotada de uma sensibilidade única que talvez me ajude a compreendê-la e me colocar no seu lugar. Mãe, quero te contar que no dia em que seu filho nasceu, você não morreu. Pelo contrário! Além de uma grande mulher, filha, esposa (se for o caso) e profissional, nasceu uma mãe. Mas eu percebo, mãe, que você se anula. Que você posterga seus planos pessoais para priorizar o seu filho. E não te condeno por isso, mãe! Mas que exemplo você será para seu filho se permanecer sendo assim? Mãe, você ainda é um…

Seja Leve

Antes de me julgar, calce meus sapatos

Pessoas grandes falam de ideias. Pessoas pequenas, falam de pessoas. Embora esse ditado seja muito usado – e deveras verdadeiro – não o encontramos com tanta frequência, na prática. Ultimamente, com o uso de redes sociais e a exposição das vidas pessoais, o que vemos é uma enxurrada de julgamentos sem o mínimo de empatia. Empatia é a habilidade em se colocar no lugar do outro. Mas, quando feito esse movimento, é necessário que ao se colocar no lugar do outro, o olhar seja feito através dos olhos do outro, e não do seu próprio. Quando nos colocamos no lugar do outro e o olhamos com o nosso olhar, acabamos por julgá-lo. Porém, é preciso uma boa dose de generosidade ao se colocar no lugar do outro. Entender as dores alheias pode doer em nós mesmos. Por isso, sem termos coragem para sentir a dor do outro, acabamos sendo injustos…

Leve a vida leve

Viva mais leve!

Hoje inicia o mês de agosto e de nada adianta você ficar acreditando que ele é o mês do desgosto. Aliás, já vimos que reclamar, focar no negativo e ser pessimista só tende a trazer acontecimentos ruins para a sua vida, certo?! Pensando assim, como então mudar nosso mindset? Mudar a forma de pensarmos, já que parece tão comum lamentarmos pelas coisas que nos acontecem… Nesse post trago algumas estratégias que podem te ajudar a levar uma vida mais leve. Coloque-as em prática e perceba o quanto sua vida pode melhorar… Para isso, é importante que você comece a praticar ações que ajudem a limpar a sua mente e mudar seus hábitos. Encontre um equilíbrio nas atividades da sua rotina A vida adulta exige que, na maioria das vezes, façamos o que não nos satisfaz ou o que não necessariamente gostaríamos de fazer, certo?! O ideal seria que você mudasse as…